Tumbuka

As línguas oficiais do Malawi são inglês e chichewa. A primeira é, obviamente, o idioma do colonizador e a segunda é falada pela maioria da população do país. O chichewa – ou chewa, já que chi significa língua – é verbalizado ainda nos vizinhos Zâmbia – onde também é oficial -, Zimbabwe e Mozambique e divide espaço com outras línguas locais como tonga, tumbuka, dentre outras línguas bantu.

Boa parte das mulheres e crianças de Karonga sabem apenas o tumbuka (Crédito: Rodrigo Ferreira)

Tive contato direto com o tumbuka, dialeto falado no norte malawiano e regiões fronteiriças deste país com Zâmbia e Tanzânia, por ter ficado mais em Karonga. Aprendi o básico para arrancar sorrisos contagiantes e mostrar o interesse pela cultura local. Os meus professores foram Digo Ferreira e Tom Popp. Digo consegue desenvolver conversas mínimas com dizeres clássicos como “estou bem e você?” e frases similares. Tom, graças à sua experiência de dois anos em Karonga e ao seu dicionário tumbuka/inglês, é capaz de manter longos bate-papos com os moradores da região.

É interessante como eles valorizam e dão mais atenção à pessoa que interage no linguajar local. Além da clara diferença física em relação aos locais, Tom chamava atenção das pessoas a sua volta assim que disparava a cumprimentar e falar – em tumbuka – com todas as pessoas que o cercava. Risadas de satisfação e certo espanto eram resultado comum quando Tom demonstrava seus dons com a língua local. Assim como acontece com todos os estrangeiros que não dominam a língua local, nós éramos surpreendidos por malawianos que compreendiam as frases básicas que sabíamos de tumbuka e queriam levar a conversa adiante, tentando nos levar por caminhos do idioma que nunca haviam sido explorados por nós.

Abaixo algumas frases/palavras básicas em tumbuka.

Monire – Olá

Tawonga chomene – Muito obrigado.

Yewo – Obrigado, mas também usado para cumprimentar e despedir.

Nili makola, kwali lmwe? – Estou bem e você?

http://chitumbukalanguage.blogspot.com/2008/02/how-to-greet-in-chitumbuka-language.html

http://wikitravel.org/en/Tumbuka_phrasebook

Sobre fmvalmeida

Jornalista fascinado pela África, Esportes, Internet e tudo que esta profissão proporciona. Contato: fmvalmeida@yahoo.com.br Twitter: @fmvalmeida Facebook: /fmvalmeida
Esta entrada foi publicada em Uncategorized com as etiquetas , , , , . ligação permanente.

4 respostas a Tumbuka

  1. Rodrigo Ferreira diz:

    Mwagwirantito chomene, mzungu!!

  2. Pingback: Vila Mwanjabala – Parte I – Primeiros passos | Destino África

  3. Pingback: Vila Mwanjabala – Parte IV – Kennedy | Destino África

  4. Pingback: Diversão feminina | Destino África

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s